fbpx
Roadie News

Após muitos anos, enfim VIXEN está trabalhando em um novo álbum de estúdio

Próximo álbum da lendária banda americana marcará a estreia da vocalista Lorraine Lewis e da guitarrista Britt Lightning

Em entrevista ao Metal-Net, a cantora Lorraine Lewis confirmou que o Vixen está trabalhando em seu novo álbum de estúdio. Será o primeiro com a voz de Lewis e com a guitarrista Britt Lightning. “Britt e eu compusemos juntas através do Zoom, tão frequentemente quanto possível – algumas vezes por semana”, disse Lewis. “Temos coisas realmente boas acontecendo. Todas nós estivemos juntas no estúdio quando estávamos em turnê no ano passado; escrevemos muito juntas. Temos muitas músicas em que estamos colocando letras. E estamos trabalhando com Fred Coury, (baterista) do Cinderella”, completou.

“Coloquei um vocal principal em You Oughta Know (By Now) (cover de Ray Kennedy), e fui ao estúdio com ele e Britt, e fiz isso. Coloquei meu vocal em Edge of a Broken Heart e Rev it Up (hits do Vixen, gravados originalmente pela primeira vocalista, Janet Gardner). Então temos três músicas que minha voz está nas gravações originais”, revelou.

Britt e eu tempos composto. Share (Ross, baixista) tem escrito com a gente. Roxy (Petrucci, bateria) tem enviado músicas. Então, estamos todas animadas. Todo mundo está tão ocupado e louco, porém o álbum é uma prioridade, com certeza. Estamos muito empolgadas. Mal podemos esperar para termos novas músicas como uma banda. Isso vai ser incrível para todos nós”, vibrou.

“Sinto-me muito grata e afortunada por estar em uma banda de lendária atualmente e estamos fazendo um novo álbum”, acrescentou. “Quero dizer que não poderia estar mais feliz. Britt é uma guitarrista incrível. Ela é ótima de se trabalhar. Pegamos nossos coquetéis e colocamos o Zoom e trabalhamos juntas. E temos algumas coisas ótimas”.

Animada, Lorraine Lewis fará sua estreia em um álbum do Vixen | Foto: Divulgação

Quanto a direção lírica e musical do próximo álbum do Vixen, Lorraine disse: “Sempre soará como Vixen no que diz respeito às harmonias – o que é muito importante para nós -, mas ainda está tudo muito fresco. Muitas mensagens, muito sobre como tem sido nossa jornada individual como mulheres. Estamos apenas tomando nossas rédeas juntas, e estou muito contente. Estou feliz de estar no estúdio novamente”, comemorou.

Sobre em que pé está o álbum, Lorraine explicou: “Não o temos cem por cento mapeado. No momento, ainda estamos no processo de composição, ainda estamos trabalhando nas coisas – muitas letras e meio que compartilhando-as entre todas nós. Compartilhando refrões com Fred. Ele comenta: ‘Sim, este é um ótimo refrão. Vamos trabalhar nisso’. Então, estamos muito, muito felizes e orgulhosas de trabalhar com ele. Ele acredita em nós e acredita em mim, o que eu realmente amo. Tivemos algumas ótimas conversas no estúdio, como com Britt lá, e ele apenas dizendo, ‘Vocês têm tudo a seu favor. Têm uma banda incrível. Vocês são uma banda com um legado. E têm Lorraine fazendo vocais para vocês’. Agradeço muito que ele acredite em mim e pense que posso cantar qualquer coisa. Quando Fred lhe diz que você pode fazer qualquer coisa, você acredita. Então, estou muito animada para entrar no estúdio e trabalhar com ele. E estou realmente honrada que ele tenha dito algumas das coisas que disse para mim. Portanto, o céu é o limite aqui”.

Lewis completou dizendo: “Quero lançar um álbum realmente poderoso e incrível. Vamos lançar alguns singles e iremos revisar o legado do Vixen e continuar agitando”. Confira abaixo a entrevista completa.

Da esq. p/ dir.: Share Ross, Britt Lightning, Lorraine Lewis e Roxy Petrucci | Foto: Divulgação

Lorraine Lewis foi oficializada no Vixen em janeiro de 2019, em substituição de Janet Gardner, que recentemente lançou o seu novo álbum solo, Synergy. Lewis já havia se apresentado ao vivo com o Vixen, em março de 2018, em Durant, Oklahoma, quebrando galho para a banda enquanto Gardner se recuperava de uma cirurgia na cabeça. A ex-vocalista gravou os três álbuns de estúdio do Vixen, os clássicos Vixen (1988) e Rev it Up (1990), e o indigesto Tangerine (1998), em que o grupo largou seu hard rock clássico para trás e usou e abusou de influências do grunge. O último trabalho de Gardner com a banda foi o ao vivo Live Fire, lançado em 2018.

Em 2006, a finada guitarrista Jan Kuehnemund, então detentora do nome Vixen, lançou o álbum Live & Learn, acompanhada por uma formação totalmente diferente, sem a presença de nenhuma de suas ex-companheiras.

Edições avulsas, assinatura física e digital.

Conheça a nossa Roadie Crew Shop – acesse www.roadiecrew.com/roadie-shop

Apoie nosso jornalismo com uma contribuição de qualquer tamanho.
Seu apoio ajuda a continuarmos melhorando o conteúdo do site com entrevistas exclusivas, resenhas de shows, notícias e artigos. Toda contribuição, por maior ou menor que seja, é muito valiosa para nós. Clique em Doações

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar