fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

CARNAMETAL

O domingo de Carnaval foi dia de vestir o manto preto e correr para o Princípios Bar, em São Bernardo do Campo, pois há tempos as pessoas que não gostam dos bailes e da folia podem desfrutar de shows de seu estilo favorito – no meu caso, o Metal. Mas a realização do ‘Carnametal’ não foi fácil. Após o cancelamento de outro evento, os produtores Tiago Claro e Eduardo Vieira organizaram em quatro dias este festival, que reuniu o melhor da música extrema nacional com as bandas Alkymenia, Oligarquia, Infector Cell, Imminent Chaos, Barbatos e Distörtion.

As atrações estavam previstas para ás 16h30, porém, somente uma hora e dez minutos depois que o quarteto Distörtion deu o pontapé inicial ao “Carnametal”. Gabriel (guitarra e voz), Cesar (guitarra), Loyola (baixo) e Bola (bateria) fazem um som que mistura Crust, Grind e Thrash, ou seja, direto, extremo e perfeito para os palcos, como na abertura com “Diamonds, Dirt and Blood”, com vocais que são berrados e desesperadores. Mas os caras não ficam presos ao extremismo, pois mesclam partes lentas em algumas músicas, como em “A Culture of Hate”. Infelizmente o tempo era curto e a banda encerrou seu curto set com “Politic Bastards” e “American Dream”. Os caras estão se preparando para o lançamento de um EP para os próximos meses, além de um split 7” com a banda carioca Pós-Sismo.

A segunda do dia foi Barbatos, de Jandira. Conhecidos pelos presentes por suas apresentações na região e interior, AntonioAgaci (guitarra), Mauricio Nunes (baixo e voz) e Chicão (bateria) praticam um som que possui o peso do Death Metal com as harmonias e cadências do Black Metal, que nos faz lembrar da sonoridade que grupos como Abhorrence e Funeratus faziam na década de 90. Outra coisa que chama a atenção no grupo são as passagens longas e trabalhadas, como em “Cursed Prision”. A atuação do baterista Chicão é outro diferencial, pois o músico é bem técnico e não se prende ao recurso da velocidade, como o próprio mostrou em “Condened Souls”. Uma ótima dica para fãs do estilo.

Às 19h20, o Imminent Chaos deu início ao seu set. O trio formado por André Stuchi (guitarra e voz), Rodrigo Stuchi (baixo e backings) e Luiz Batata (bateria)foram a prova viva de três instrumentos podem fazer barulho de qualidade. Alguns exemplos são “Core of the Matter”, “Classic Justice” e “Concatenation of Misfortunes”. Quem conhece a banda apenas pelos seus trabalhos de estúdio, corre o risco de tomar um baita susto, pois ao vivo as composições pendem mais para o Grind e Sludge, o que agrega personalidade ao som. Sem muitas delongas, mandaram sem cerimônia som atrás de som, como “Absent Future”, além de uma versão para “More Patches than Brain” (Agathocles). Só que o set dos caras não se restringiu apenas as canções, pois o vocalista André agiu como porta voz de um pedido de casamento de um banger para sua noiva. Coisas que só o Metal proporciona…

Saindo da ternura e voltando ao caos, o Infector Cell iniciou seu show. Promovendo o EP “Frontal Attack”, o quarteto formado por Allan (voz), Fagner (guitarra), Guilherme (baixo) e Fernando (bateria) mostrou um som raivoso e visceral, que abre espaço para o Death e o Thrash, proporcionando equilíbrio nas canções, como em Consequências da Covardia. Ao anunciarem “Frontal Attack” alguns problemas aconteceram, o que fizeram os caras “abortarem” temporariamente a música e mandando “Troops of Doom” (Sepultura), que foi muito bem recebida pelos presentes. Com tudo arrumado, mandaram “Frontal Attack”, que assim como “Crack” e “Syndrome of Panic” são perfeitas para os palcos. Para coroar a boa apresentação, o grupo mandou uma versão para “Beber Até Morrer” (R.D.P.), com destaque para os vocais brutais.

Considerado por muitos uma instituição da cena underground, o Oligarquia fez o que todos esperavam: um show destruidor, um dos melhores feitos pela banda nos últimos tempos. Um dos fatores se deveu ao retorno do baixista Artour Queiroz, que deixa o som da banda ainda mais encorpado e pesado, tanto que os graves em muitos momentos sobressaiam às guitarras. Os vocalistas Guilherme Sorbello e Pancho (também guitarristas) revezavam nos urros com muita raiva e competência, com tudo “seguro” pelo baterista Panda Reis. Os pontos altos da apresentação foram “When the Hate Dominate”, “Crucial Moment”, que foi conduzida pelo baixo, as passagens mórbidas e cadenciadas de “March to the War” e o término com “Ecstasy”, que foi cantada por muitos presentes.

O encerramento da noite ficou por conta do Alkymenia. Originária de Pernambuco e radicada em São Paulo, o trio formado por Lalo (voz e baixo), Sandro Silva (guitarra) e Dennis Kreimer (bateria), praticam um Death/Thrash de deixar com o queixo caído. Como são ótimos músicos, conseguem colocar no meio da brutalidade peso, cadências e flertes com outros estilos, como o Doom em “Carnal Desire”, presente no debut “Darkand Nebulous” (2012), do qual foram apresentadas “Chaotic Religion”, “Nebulous Flash”, “Negative Sense” e “Living Choked”. Sem esquecer dos sons mais antigos, como “Loser” (dona de interessantes fraseados de baixo) e “Sacrifice in Vain”, os caras deixaram os presentes satisfeitos, principalmente pelo estilo do baterista Dennis, pois o músico  interage com o público fazendo performances que lembram monstros do Hard Rock como Tommy Lee (Mötley Crüe). O Alkymenia é uma banda que se tiver a força dos bangers e um selo que acredite no potencial dos caras, tem tudo para se dar bem.

Às 22h40 quando o “Carnametal” se encerrou e pode se dizer que o evento teve saldo positivo. Com quatro dias para ser feito, incluindo divulgação, escolha do cast e contar com cerca de 100 pessoas num domingo de carnaval, é algo heroico que nos faz crer ainda mais que se os fãs de música pesada quiserem de verdade, podem reverter o jogo.

 

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #279
Março/Abril

SIGA-NOS

45k

57k

17,3k

989

22,6k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes

plugins premium WordPress