fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

CJ SNARE passa mal e FIREHOUSE faz shows com ANDREW FREEMAN (LAST IN LINE) no vocal

Nos últimos dias 9 e 10 de julho, o Firehouse, banda americana de hard rock que explodiu no início dos anos 90, pouco antes de o gênero sucumbir e sair dos holofotes, se apresentou ao vivo sem o seu vocalista, o co-fundador CJ Snare, nos shows realizados nos Estados Unidos, precisamente em Moline, Illinois, no TaxSlayer Center, e em Ashland, Virginia, no Richmond Harley Davidson. O motivo foi que no dia do primeiro show Snare sentiu uma indisposição estomacal devido a uma doença que não foi revelada. Por sua vez, o restante do grupo – Bill Leverty (guitarra), Michael Foster (bateria) e Allen McKenzie (baixo) – preferiu não cancelar os shows e se apresentou com o vocalista do Last in Line, Andrew Freeman, em substituição.

Na manhã do dia 9, Snare se pronunciou em sua página oficial no Facebook e explicou a situação:

“Acordei esta manhã e estava com dor de estômago. Fui ao médico. Não preciso de orações, pensamentos ou abraços. Só preciso que as pessoas compreendam que não estarei em Moline ou Ashland para fazer os shows do Firehouse. Minhas desculpas a todos os envolvidos. Nosso bom amigo Andrew Freeman estará cantando em meu lugar no fim de semana e espero que todos o recebam nesses shows. Por favor, divirtam-se. Estarei de volta na próxima semana cantando em Ohio. Um grande amor para minha banda e para todos os nossos fãs”.

Confira abaixo vídeos do primeiro show do Firehouse com o apoio de Andrew Freeman no vocal.

Andrew Freeman

Passados os shows, Freeman agradeceu o convite para substituir Snare nas duas noites: “Me diverti muito apoiando o Firehouse no fim de semana passado. Ótimos shows e ótimos caras. Agradeço a CJ Snare, Bill Leverty, Michael Foster e Allen McKenzie por confiarem em mim para fazer o trampo. E obrigado ao meu amigo Joey Arias e Tony Avitar por tornarem isso mais fácil!”.

Além de tocar com o Last in Line, Freeman se apresentou com três dos membros originais do Bulletboys Mick Sweda (guitarra), Lonnie Vencent (baixo) e Jimmy D’Anda (bateria) – no Lies, Deceit & Treachery e substituiu Joe Elliott quando o Def Leppard se apresentou no cruzeiro “Hysteria on the High Seas”, em janeiro de 2016.

 

Quanto ao Firehouse, o grupo formado em Charlotte, na Carolina do Norte, alcançou o estrelato internacional logo em seu homônimo álbum de estreia, que foi lançado em 1990. Músicas como as contagiantes Don’t Treat Me Bad e All She Wrote, além da balada Love of a Lifetime, se tornaram hits, inclusive no Brasil. Com o álbum seguinte, Hold Your Fire (1992), a banda se manteve em alta com o apoio de músicas como Reach for the Sky e a romântica When I Look into Your Eyes. O último grande momento do Firehouse aconteceu com o álbum seguinte, simplesmente intitulado 3 (1995). O carro-chefe de 3 foi a balada I Live My Life For You, que no Brasil foi tema da novela “A Próxima Vítima”. Na ocasião, o grupo (ainda com o baixista original Perry Richardson, hoje no Stryper) veio ao Brasil para promover o álbum em programas de rádio e TV, entre eles o Xuxa Park (Globo), Programa Livre (SBT) e Programa Raul Gil (Record).

Da esq. p/ dir.: Michael Foster, Allen McKenzie, Bill Leverty e o vocalista CJ Snare, que já está recuperado e voltou a fazer shows com o Firehouse

Desde então, além de materiais ao vivo, acústico, compilações e de regravações, o Firehouse lançou mais três álbuns de inéditas, sendo o último Prime Time (2003), que foi gravado com o baixista carioca Dario Seixas (Jack Russell’s Great White, Stephen Pearcy, Takara, Crown of Thorns, Neil Turbin, Herman Rarebell). Nenhum desses materiais, no entanto, obteve algum sucesso comercial e todos acabaram passando batido do grande público. No Brasil, o Firehouse fez shows em duas ocasiões: em 2007, no “Hard in Rio” – realizado no Circo Voador (RJ), com abertura de Ted Poley (Danger Danger, Bone Machine, Melodica, Poley/Pichler, Poley/Rivera, Prophet, solo) – e em 2013, no Manifesto Bar, em São Paulo.

Edições avulsas, assinatura física e digital.

Conheça a nossa Roadie Crew Shop – acesse www.roadiecrew.com/roadie-shop

Apoie nosso jornalismo com uma contribuição de qualquer tamanho.
Seu apoio ajuda a continuarmos melhorando o conteúdo do site com entrevistas exclusivas, resenhas de shows, notícias e artigos. Toda contribuição, por maior ou menor que seja, é muito valiosa para nós. Clique em Doações

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #278
Janeiro/Fevereiro

SIGA-NOS

43k

57k

17,4k

1k

22,3k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes