fbpx
PremiereRoadie News

CRS (Cirrosis), banda de death metal do México, explora novos horizontes melódicos com “The Failure”

Por assessoria 

CRS é uma banda de Death Metal de Sonora, México, formada em 1991 sob o nome de Cirrhosis. Atualmente é formado por Francisco “Chucky” Oroz, Sir OZ, Hideki Inukai, Octavio Ramírez e Kello González. Pela sua habilidade técnica e pela incorporação de elementos progressivos e solos melódicos, CRS rapidamente ganhou notoriedade no cenário local e nacional. Suas apresentações ao vivo foram caracterizadas por sua intensidade e fúria, logo se tornando uma banda cult.

Em 2022 assistimos ao regresso dos CRS aos palcos depois de mais de vinte anos. Da mesma forma, assistimos à inclusão dos já referidos Inukai e González na segunda guitarra e baixo, respectivamente, consolidando a formação formal do que muitos conhecem como Cirrhosis. Os CRS começam o ano de 2023 com o pé direito, oferecendo-nos um novo single intitulado “The Failure”. Para surpresa dos seus seguidores, esta música oferece um som diferente do que estamos habituados, um death metal melódico na veia dos Arch Enemy e com uma convidada especial “Kath Danzig”, que alterna os vocais com Sir Oz. O resultado é uma música muito digerível, que sem perder o som e a força de um bom death metal, cria uma música com um bom groove que com certeza ficará nos seus ouvidos pelo resto do dia.

Refira-se que o primeiro dueto masculino e feminino de vozes guturais foi Chris Barnes e Karyn Crisis numa canção de Six Feet Under em 2001. Provavelmente estamos a falar do primeiro e único caso até à data, com um dueto de vozes guturais masculinas e mulher na história do Metal Mexicano.

O CRS sem dúvida se tornou uma referência do metal bem feito no México, não só por ser uma banda pioneira no estilo, mas também pelo seu profissionalismo e qualidade de nível internacional, sendo reconhecido por diversos meios de comunicação ao redor do mundo e principalmente por seus fiéis fãs.
“The Failure” surge neste 2023, para deixar ainda mais claro que o CRS consegue aquilo a que se propõe e que a sua versatilidade parece não ter limites. Menção especial merece o som impecável desta gravação com uma produção marcante de dar inveja a qualquer banda reconhecida. Como se não bastasse, o single foi mixado em Dolby Atmos, sendo uma das primeiras bandas de metal da América Latina, senão a primeira, a lançar uma mixagem com esse recurso.

CRS (Cirrosis) é:
Francisco “Chucky” Oroz: Guitarra
Kello González: Baixo
Octavio Ramírez: Bateria
Sir Oz: Vocais

Hideki Inukai: Guitarra

A ROADIE CREW agora tem um canal no Telegram!

Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do metal

https://t.me/roadiecrew

Fechar
Fechar