fbpx
Live EvilRoadie News
Tendência

EDU FALASCHI – Rio de Janeiro (RJ)

20 de agosto de 2022 – Sacadura 154

Texto: Ricardo Fiscina Jr.

Foto: Daniel Croce

Antes de iniciar a turnê, o vocalista e “dono da banda” Edu Falaschi já estava divulgando imagens e simulações 3D do palco – e com toda a razão – mesmo com poucos elementos no show do RJ, o cenário por si só já é um espetáculo, se tornando um personagem, trazendo para os shows de metal uma pegada meio “BroadWaynesca”.

Com a casa lotada e pontualmente as 9 horas da noite, as luzes se apagam e começamos a ouvir a In Excelsis – primeira faixa do álbum Rebirth – que a meu ver é uma ótima abertura para qualquer show, trazendo logo em seguida Nova Era, para o delírio os fãs de 30 anos ou mais que tiveram essa música como trilha sonora da adolescência. Da mesma forma começa o Vera Cruz – álbum lançado em 2021 – com a Burden emendando na The Ancestry de maneira muito similar.

Cercado de músicos excelentes, Edu parece se portar mais como um mestre de cerimônias do que como um vocalista tradicional, passando boa parte das vozes para os backings e ficando com as linhas mais icônicas e agudos mais esperados pelos fãs. As linhas de guitarras do Vera Cruz, por mais que não me agradem 100%, são absurdas e foram executadas com perfeição pela dupla Roberto Barros e Diogo Mafra.

O baixo do Raphael Dafras também dispensa comentários (mesmo eu achando que poderia estar mais alto na mix, de baixista para outro). O Aquiles é um caso à parte, quando você acha que ele já chegou no seu limite da técnica e resistência ele manda o famoso “achou errado, otário” e te surpreende novamente. Fechando o time principal temos o Fábio Laguna, já conhecido, já da casa, fazendo o que sabe fazer de melhor.

Definitivamente ouvir o Rebirth na voz do Edu Falaschi foi uma experiência nostálgica e sempre maravilhosa. Houve alguns deslizes, claro, mas insignificantes comparados aos sucessos. E ouvir o Vera Cruz pela primeira vez ao vivo com uma produção naquele nível, ainda mais para um show de metal que, convenhamos, costuma ter zero cenário e 5 “candangos” de camisa preta e calça jeans, foi incrível e eu espero que o exemplo seja seguido, e que a barra seja elevada por Edu Falaschi e sua turma, mais uma vez.

A ROADIE CREW agora tem um canal no Telegram!

Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do metal

https://t.me/roadiecrew 

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar