fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

GLENN HUGHES faz show em Porto Alegre em novembro tocando clássicos do DEEP PURPLE

Hughes celebrará 50 anos do clássico álbum "Burn"

POR ASSESSORIA 

O veterano Glenn Hughes mantém acessa a chama do rock por gerações. Carregando o título de The Voice of Rock com brilho na voz, o inglês também é conhecido pelo groove de baixo capaz de aquecer plateias mundo afora. E é com seu show incendiário que o artista retorna a Porto Alegre em 7 de novembro, no Opinião (José do Patrocínio, 834), às 21h. A apresentação é uma homenagem aos 50 anos do álbum “Burn”, e tem repertório que inclui ainda clássicos de outras fases do Deep Purple.

Antes de desembarcar por estes pagos, Hughes deixou um recado para os fãs: “Estou muito feliz em retornar a América Latina. É sempre incrível me apresentar pra vocês e eu mal posso esperar pra ver os sorrisos e rostos emocionados novamente. Estou trabalhando com um time sensacional e é seguro dizer que será uma turnê incrível”!

GLENN HUGHES EM FLORIANÓPOLIS

Local

Bar Opinião (Rua José do Patrocínio, 834, Cidade Baixa)

Cronograma:

20h — Abertura da casa

21h00 — Glenn Hughes

Informações:

Opinião Produtora

www.opiniao.com.br

(51) 3211-2838

Ablaze Productions

E-mail: productionsablaze@gmail.com

www.ablazeproductions.com.br

Glenn Hughes e o clássico “Burn”:

Foi em 1973 que o baixista e vocalista Glenn Hughes (ex-Trapeze) entrou para o Deep Purple substituindo ninguém menos do que Roger Glover, outro mago dos graves. Mesmo carregando o groove do soul nas quatros cordas e um vocal potente, Hughes não assumiu as duas funções (baixo e voz) de início. Foi convocado o então novato cantor David Coverdale, que entrou no lugar de Ian Gillan. Ao lado de Ritchie Blackmore, (guitarra), Jon Lord (teclado) e Ian Paice (bateria), os recém-chegados músicos lançaram um dos álbuns de maior poder de fogo do Purple: “Burn” (1974).

O objetivo da turnê atual de Glenn Hughes é trazer à tona novamente o fervor desse clássico disco que completa 50 anos em 2024. Mesmo que o veterano inglês não tenha sido creditado à época como autor das faixas, é sabido que teve participação fundamental no processo de criação. Tanto que, na edição do 30º aniversário do registro, seu nome foi incluído na lista de compositores.

O disco já abre com a incendiária faixa-título e seus riffs poderosos, trazendo ainda uma inflamada divisão de vozes entre Hughes e Coverdale. Dali para diante o que se ouve é uma sessão digna para dança do fogo. Faixas como ‘Might Just Take Your Life’, ‘Sail Away’, ‘You Fool No One’ e ‘Mistreated’ não deixam o clima esfriar.

Resumo

O que: Glenn Hughes — Celebração 50 anos do “Burn”

Quando: Terça-feira, 7 novembro, às 21h

Onde: Opinião (José do Patrocínio, 834)

Foto: Neil Zlozower
Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #279
Março/Abril

SIGA-NOS

44,2k

57k

17,3k

1k

22,5k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes