fbpx
Roadie News
Tendência

KAM LEE diz ter sido vetado para documentário do DEATH e acusa CHUCK SCHULDINER de imitar o POSSESSED

Um assunto que sempre rola em mesa de bar entre fãs de death metal é: “quem inventou o termo e o gênero?”. Há quem dê os créditos ao grupo californiano Possessed, que em 1984 lançou a demo Death Metal; em contrapartida, muitos apontam para o saudoso Chuck Schuldiner, que no mesmo ano soltou algumas demos com o Mantas, entre elas a Death by Metal.

Agora o tema foi colocado na mesa com Kam Lee, baterista original do Death e do Mantas, na recente entrevista que ele concedeu ao podcast “That Metal Interview”. Conforme transcrito pelo Blabbermouth, Kam começou dizendo: “Admito isso e vou dizer diretamente, porque sei que há uma discussão o tempo todo, (sobre) quem foi o primeiro – Death ou Possessed? – Bem, vou dizer que o Possessed foi o primeiro, e direi o porquê. Porque Chuck ouviu o que Jeff (Becerra, vocalista e baixista do Possessed) estava fazendo e Chuck queria imitar Jeff. Eu estava lá – eu estava lá no início”, afirma.

Kam Lee, vocalista do Massacre, foi o baterista original do Death e também tocou no embrião Mantas

Lee continuou, dando mais detalhes sobre o passado das duas bandas.: “Houve momentos em que vivíamos aqui na Flórida antes de Chuck se mudar para a Califórnia, e na época Chuck e eu começamos como ‘tape traders’ (N.R.: nos anos 80 era tradição os headbangers conhecerem bandas através da troca de fitas cassete). Lembro-me, se você voltar antes do Death, nos chamávamos Mantas. Se você olhar para alguns dos logotipos do Mantas desenhados à mão, há o logotipo com a cauda do diabo sobre ele, no ‘M’. Isso é completamente roubado do logotipo original do Possessed, a cauda do diabo”.

Os saudosos Eric Greif e Chuck Schuldiner

E Lee revelou que foi limado do documentário do Death, para não falar sobre essas coisas no material: “Vou dizer isso agora, porque o (empresário do Death) Eric Greif está morto. Ele está morto, mas isso é coisa que ele não queria que eu contasse às pessoas… É por isso que me negaram ter sido entrevistado para o filme do Death, o documentário Death by Metal”, afirma. “Eles me negaram, porque eles não queriam que eu dissesse certas coisas, porque como você vai vender um documentário sobre o Death se eu entrar e dizer à todos, ‘não, não foi assim!’?. Então, eles não me queriam lá – eles se recusaram completamente a falar comigo. Eles não queriam que eu viesse e dissesse: ‘Sim, fui eu que desenhei o logotipo do Death, não o Chuck’. Eles não queriam que eu dissesse à todos que fui eu quem criou isso. E eles não queriam que eu dissesse: ‘Bem, Chuck roubou o Possessed’. Eles queriam vende-lo como Chuck criou, porque eles estavam vendendo um produto. E se você tem alguém que venha e diga: ‘Bem, não é exatamente assim que esse produtor funciona’… É como (a rede de frango fast food) KFC, sinto muito, mas não foi o Coronel Sanders que veio com uma receita especial; algum outro cara veio com ele. Então, isso é realmente como foi”.

Por sua vez, em 2017 Jeff Becerra, líder do Possessed, contou ao Antihero que Chuck Schuldiner o citava em entrevistas como uma “influência primária”. Disse também que mesmo que o Death tenha sido inspirado no Possessed, “eles seguiram seu próprio rumo e criaram sua própria vibe”. E completou dizendo: “Para ir além, Chuck usou Randy Burns (produtor), que fez Seven Churches (álbum de estreia do Possessed), para fazer Scream Bloody Gore, debut do Death. Ele também fez um cover de The Exorcist, do Possessed”.

A ROADIE CREW agora tem um canal no Telegram!

Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do metal

https://t.me/roadiecrew

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar