fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

KERRY KING anuncia a formação de sua nova banda, título e capa do debut; ouça o primeiro single, “Idle Hands”

Enfim, o mistério chega ao fim. Após meses de expectativa, Kerry King, o lendário guitarrista e cofundador do Slayer, finalmente revelou tudo sobre sua nova banda. O grupo leva o nome do próprio King e seu álbum de estreia está agendado para ser lançado no próximo dia 17 de maio, sob o título de From Hell I Rise.

Para essa empreitada, King tem ao seu lado seu lado um time de primeira, seu ex-parceiro de Slayer, o baterista Paul Bostaph, o vocalista Mark Osegueda (Death Angel), o guitarrista Phil Demmel (Vio-LenceMachine Head) e o baixista Kyle Sanders (ex-HellYeah).

Sobre a sonoridade de From Hell I RiseKerry King o descrever como uma extensão de Repentless. Inclusive, tanto a faixa-título do álbum, quanto uma outra faixa chamada Rage, são sobras de estúdio do próprio álbum de sua ex-banda, que foi lançado em 2015.

“Estava finalizada, nós gravamos”, disse o guitarrista à Rolling Stone“Eu não estava satisfeito com a parte da performance, então eu pensei, ‘Tudo bem, vou guardar isso na manga até o próximo álbum do Slayer‘. E isso não aconteceu, então agora está no meu álbum”.

King antecipou que já tem outras quatro músicas prontas para um próximo álbum solo, após The Hell I Rise, todas também sobras de Repentless, que podem ser regravadas junto à outras seis músicas não utilizadas nas sessões do debut. Além disso, ele tem engatilhadas outras composições para futuros lançamentos. “Estou aproveitando o que a pandemia me deu”, contou. “Não estou simplesmente sentado à toa”.

Capa de “The Hell I Rise”, feita pelo brasileiro Marcelo Vasco

Perguntando sobre a escolha por Osegueda como seu vocalista, King explicou: “Com o Mark, ele embarcou cedo no projeto. Eu simplesmente não acionei esse gatilho. Pensei, ‘Vamos ver o que acontece’. Digamos, por exemplo, (Rob Halford do Judas Priest) me liga e diz: ‘Ei, adoraria ser seu vocalista’, eu teria que seguir por esse caminho.

No início, quando se cogitou falar sobre quem estaria envolvido no novo projeto musical de Kerry King, um dos nomes mencionados era o de Phil Anselmo, do PanteraKing desmistificou o assunto: “Ele foi considerado. Meu empresário, meu promotor, minha gravadora, todos queriam PhilPhil é um bom amigo, mas eu sempre soube que ele não era a pessoa certa. Isso não tem nada a ver com sua habilidade; eu apenas sabia que ele não era a pessoa certa. Quando você ouve Mark neste álbum, você sabe que ele é o cara. Tive que fazer a diligência, porque no final do dia, se Philip fosse o cara, estaríamos em arenas imediatamente porque poderíamos tocar coisas novas, poderíamos tocar Pantera, poderíamos tocar Slayer, e os fãs teriam ficado felizes. Isso terminou quando surgiu a questão do Pantera“.

Confira o primeiro single de Kerry King para The Hell I Rise, Idle Hands

Siga o canal “Roadie Crew” no WhatsApp:

https://whatsapp.com/channel/0029VaDAMivHQbSBJR6hmy45

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #279
Março/Abril

SIGA-NOS

44,2k

57k

17,3k

1k

22,5k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes