fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

KERRY KING lança primeiro álbum, ‘From Hell I Rise’, e novo videoclipe, ‘Toxic’

A espera chegou ao fim. Nesta sexta-feira repleta de lançamentos, finalmente foi disponibilizado, via Reigning Phoenix Music, o aguardado álbum de estreia da banda solo do guitarrista do Slayer, Kerry King. Intitulado From Hell I Rise, o disco conta com produção de Josh Wilbur (KornLamb of GodAvenged SevenfoldBad Religion) e teve grande parte gravada no Henson Studios, em Los Angeles (EUA). Ao seu lado nessa nova empreitada, King formou um time de primeira linha, completado por Mark Osegueda (vocal, Death Angel), Phil Demmel (guitarra, ex-Vio-Lence e Machine Head), Kyle Sanders (baixo, HellYeah) e Paul Bostaph (bateria, Slayer, ex-Forbidden, Testament, Exodus).

De quebra, King compartilhou mais um videoclipe, dessa vez para a música Toxic. O vídeo foi dirigido pela dupla Jim Louvau e Tony Aguilera, os mesmos que trabalharam no anterior, Residue.

Louvau comentou o vídeo: “Estamos em um ponto em que o cansaço político se instalou e se tornou um problema para a maioria das pessoas que vivem em nosso país, não importa em que lado da moeda elas pousem. A letra e a energia da música mostram esse sentimento, então eu queria criar algo visualmente que quase parecesse um trailer do que estamos prestes a experimentar. Eu também queria abordar o TEPT para pessoas que serviram nas forças armadas e como o aumento do cenário político afeta sua saúde mental, que muitas vezes passa despercebida.”. 

Confira o vídeo de Toxic:

Confira também o vídeo anterior, de Residue:

Sobre From Hell I RiseKerry King o descreve como uma extensão de Repentless. Inclusive, tanto a faixa-título do álbum quanto Rage são sobras de estúdio do próprio álbum de sua ex-banda, que foi lançado em 2015. 

Perguntando sobre a escolha de Osegueda, que recentemente esteve com seu Death Angel na segunda edição do Summer Breeze Brazil, como seu vocalista, King explicou: “Com Mark, ele embarcou cedo no projeto. Eu simplesmente não acionei esse gatilho. Pensei, ‘Vamos ver o que acontece’. Digamos, por exemplo, Rob Halford do Judas Priest me liga e diz: ‘Ei, adoraria ser seu vocalista’, eu teria que seguir por esse caminho”. 

Siga o canal “Roadie Crew” no WhatsApp:

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #280
Maio/Junho

SIGA-NOS

45,1k

57k

17,3k

991

22,7k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes

plugins premium WordPress