fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

MATAKABRA promove diálogo com os ritmos da matriz africana em single e clipe para “Corpo Fechado”

Por assessoria

O Matakabra, banda pernambucana conhecida por unir o Metal Extremo a ritmos brasileiros, lançou o single e videoclipe para “Corpo Fechado”. Em uma perspectiva afirmativa sobre a negritude, a banda sustenta um discurso que aborda a riqueza de toda a cultura vinda de África e o desenvolvimento original que as suas divindades, ao pisar no solo do que viria a ser o Brasil, passaram a constituir na identidade dele enquanto nação.

A banda destaca: “Nossa memória social está repleta de práticas e visões de mundo das religiões de matriz africanas e tratar dessas questões é ir de encontro à nossa própria mitologia. Dessa forma, entre alusão e espiritualidade, o novo lançamento aborda os Orixás, centrado na figura de Ogum e se coloca contra o pensamento colonial que sempre conta a história do negro pela narrativa que o objetifica como escravizado”.

Assista ao videoclipe de “Corpo Fechado” abaixo:

Confira também o single:

Inspirados pelo psiquiatra e filósofo, Frantz Fanon, “Corpo Fechado” resgata um pensamento radical e fundamental para outras lutas por emancipação, além da antirracista. A música ainda possui a participação do percussionista Rafael Almeida, membro do grupo Okalonam e do Cordel do Fogo Encantado, propondo uma construção mais original do djent em um diálogo com os ritmos da matriz africana da brasileira.

“Corpo Fechado” é o primeiro single daquele que será o novo EP da banda, “Afirmação, Negação e Indiferença”, previsto ainda para 2024. O lançamento também antecipou a apresentação do Matakabra no festival Alternativa Preta, ao lado de Black Pantera, Eskröta, Hell Valley e Manja, no dia 03 de Maio, em Recife-PE.

O vocalista Rodrigo Costa comentou o lançamento:

“Corpo fechado é a fusão do metal bruto com o candomblé. Tem sido interessante e expansível artisticamente falando compor uma música que fala de Ogum e a força que ele carrega através da cultura religiosa tão presente no Brasil. Para o Matakabra é mais um marco na carreira criar uma obra que enaltece os ancestrais da cultura afro-brasileira”.

“Corpo Fechado foi um empurrão no meu processo de racialização em relação a branquitude. Construir um lugar na luta antirracista tem sido um permanente ato de sensibilidade, escuta e responsabilização, inclusive, comigo mesmo. Acho que para além da questão musical, Corpo Fechado tem feito com que eu me relacione de diversas formas com questões bastante pessoais sobre quem eu sou. E, sobre a questão musical, a participação de Rafael Almeida foi essencial pra a beleza da obra em sua atmosfera e riqueza rítmica”, completou o baixista Rafael Coutinho.

A música é uma composição de Fernando Marques, com letra de Rodrigo Costa e colaboração de Rafael Coutinho, com captação no Estúdio Estelita, gravação de Andreas Zaia, produção musical de Rafael Coutinho e Rodrigo Costa, com coprodução, mixagem e masterização de Matheus Souza. A produção fonográfica é do Selo Estelita. O videoclipe de “Corpo Fechado” foi realizado partir do Edital do Governo de Pernambuco pelo Cli.PE com produção da parceria entre Vital Cultural e a Subverso Lab, direção de Magojulho, direção de fotografia de Junior Soac e Mateus Bernardo, produção de Live Vital, assistência de produção de Kananda, styling por Ally e atuação de Rodrigo Costa.


O Matakabra foi fundado em 2015 e possui em sua sonoridade influências contundentes da Música Extrema, sem deixar de soar a sua origem pernambucana, unindo um som percussivo ao que há de mais moderno e contemporâneo dentro do Metal, forjando o que denominam como Metal Bruto de Recife.

Em sua respeitada trajetória de quase uma década, o Matakabra realizou circuitos pela região Nordeste, onde é bastante reconhecida pelo público fiel das cidades que passou, além de em seu percurso possuir apresentações em festivais como o Grito Rock João Pessoa (2018), Abril Pro Rock (2018), Garage Sounds (2018/19) e Forcaos (2020), com shows ao lado de bandas como Project46, Ratos de Porão, Black Pantera, Krisiun e Dead Fish.

A banda conta em sua atual formação com o vocalista Rodrigo Costa, o baixista Rafael Coutinho, o guitarrista Fernando Marques e o baterista Theo Espindola.

Saiba mais sobre o Matakabra, seus lançamentos e sua agenda de shows através do @matakabra no Instagram ou por meio da assessoria Hell Yeah Music Company.

Siga o canal “Roadie Crew” no WhatsApp:

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #280
Maio/Junho

SIGA-NOS

45,2k

57k

17,3k

991

22,7k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes

plugins premium WordPress