fbpx
Live Evil

ORPHANED LAND

Abertura: Pastore e Demolition Inc. - Princípios Bar - São Bernardo do Campo/SP, 02 de junho de 2013

A banda israelense Orphaned Land chegou ao fim de uma turnê brasileira bem-sucedida com show inédito no Princípios Bar, em São Bernardo do Campo, no último dia 2 de junho. Com pouco mais de uma hora de apresentação os músicos incendiaram o bar com sua mistura inusitada de Heavy Metal, Progressivo e elementos orientais.

Demolition Inc., do vocalista Ricardo Peres (ex-Seventh Seal), foi à primeira banda encarregada de aquecer o público de São Bernardo do Campo – completam a formação os músicos Diego Reis e Cleber Beraldo (guitarras), Valter Martins (baixo) e Sergio Marchezoni (bateria), que fez uma participação neste show substituindo Hellvis Santos devido a problemas particulares. A banda que têm influências de Thrash e Metal Tradicional mostrou vigor e carisma no palco, sobretudo nas músicas Revolution Now, Nevermore, The Plague e na ótima versão de Refuse/ Resist (Sepultura), que fez o público presente pular o tempo todo. O destaque foi para Ricardo Peres, já que o mesmo tem uma técnica vocal invejável e alterna o agudo e o grave com perfeição em uma mesma composição. O músico inclusive divulgou que esta em fase final de gravação e produção do disco de estreia do Demolition Inc.

A banda Pastore, capitaneada pelo vocalista Mario Pastore (ex-Delpht, Soulspell), voltou à ativa abrindo para o Orphaned Land após a saída dos integrantes Aléxis Gallucci (baixo), Raphael Gazal (guitarras) e Fabio Buitividas (baterista), que segundo divulgado aconteceu devido as já famosas e conhecidas divergências musicais.

O foco da apresentação foi mostrar a nova formação, que agora conta com duas guitarras e ganhou muito mais peso, além de uma interação maior entre os músicos – detalhe que os dois guitarristas são bem técnicos e dividem os solos em cada música. A formação atual consiste em Marcelo de Paiva Berno (bateria), Ricardo Baptista e Derli Pontes (guitarras) e Adriano Carvalho Diniz (baixo). Músicas que se destacaram durante a apresentação foram The Price for the Human Sins, Brutal Storm e Nobody’s Watching, com interpretações excelentes de Mario Pastore nos vocais. Só resta aguardar pra ver o que Pastore irá lançar nos próximos, pois a qualidade dele todo mundo já conhece e agora com o reconhecimento internacional garantido o músico receberá  o devido valor de sua garra nestes anos todos de Metal.

O Seventh Seal era pra ter se apresentado no evento, porém por outros compromissos pessoais dos músicos a banda resolveu não tocar e dar mais espaço ao Pastore e Demolition Inc. em São Bernardo do Campo.

Orphaned Land já está na estrada desde o começo dos anos 90 com a demo-tape The Beloved’s Cry, mas o reconhecimento mundial veio com os discos Mabool – The Story of the Three Sons of Seven (2004) e The Never Ending Way of ORwarriOR (2010), que mostraram que o Metal poderia vir de Israel e com muita qualidade e personalidade. Atualmente formado por Kobi Farhi (vocal), Uri Zelha (baixo), Yossi Sassi e Chen Balbus (guitarras), além de Matan Shmuely (bateria), os músicos fizeram um show mais curto, porém não menos intenso que o da capital paulista.

O público pequeno vibrou quando os primeiros acordes de Birth of the Three (The Unification), que emendada com Olat Ha’tami mostrou toda a interação entre o vocalista carismático, Kobi Farhi, com sua batina tradicional e um desempenho bastante inusitado foi um dos grandes momentos do show. Uma pena que a banda não apresentou mais músicas do disco All Is One, apenas Our Own Messiah, que será lançado no final deste mês. O trabalho é bem promissor e promete polemizar com letras interessantes.

O guitarrista Yossi Sassi é um show à parte e com seu instrumento brincou com o público o tempo todo, além de no final da apresentação cumprimentar cada um dos fãs e conversar com todos na mais pura simpatia. O som estava ótimo e bem equalizado, apesar de que em determinados momentos soava alto demais e com a acústica não muito boa da casa acabava ficando estranho.

Um dos destaques do show foram às músicas El Meod Na’ala e Olat Ha’tamid, que são cantadas em hebraico e tem todo aquele clima oriental e característico da região de Israel, inclusive o publico dançava de maneira inusitada para um evento de heavy metal. A apresentação teve a sua primeira parte finalizada com In Thy Never Ending Way, que trouxe o peso ao local.

A banda voltou para o bis com Norra el Norra (Entering the Ark), que possui temática bíblica e é considerada um dos hinos do Orphaned Land. Os israelenses podem não ser nenhuma banda do alto escalão, mas sua simpatia e humildade são de tirar o chapéu, afinal, que banda sai do palco e em seguida cumprimenta e conversa com cada um dos fãs o tempo que for necessário?

Com a quantidade enorme de shows e eventos são estes momentos que os fãs vão guardar na memória e nas próximas oportunidades não vão nem pensar em perder o próximo show. Definitivamente foi uma noite agradável com duas excelentes bandas nacionais e o Orphaned Land.

Demolition Inc. – Set list:
Intro
Demolition
Nevermore
Revolution Now
The Plague
Refuse/Resist (Sepultura)
Set the World on Fire

Pastore – Set list:
The Price for the Human Sins
Brutal Storm
Fears and Lies
Fallen Angel
Far Away
Nobody’s Watching
Darkest Dreams

Orphaned Land – Set list:
Intro
Birth of the Three (The Unification)
Olat Ha’tami
Barakah
The Kiss of Babylon (The Sins)
Our Own Messiah
Sapari
Let the Truce Be Known
The Path, pt. 1: Treading Through Darkness
Ocean Land (The Revelation)
El Meod Na’ala
In Thy Never Ending Way
Bis
Norra El Norra (Entering the Ark)
Ornaments of Gold (outro)

Recomendamos Para Você

Veja Também
Fechar
Fechar
Fechar