fbpx
Live EvilRoadie News

PICTURE – 16 de junho de 2019, São Paulo/SP

Manifesto Bar - São Paulo/SP

A terceira vinda do Picture ao Brasil veio cercada de expectativa. Além de celebrar quatro décadas de estrada na turnê “40 Years Heavy Metal Ears Tour”, a banda esteve pela primeira vez por aqui com a sua formação original – Ronald van Prooijen (vocal), Jan Bechtum (guitarra), Rinus Vreugdenhill (baixo) e Laurens “Bakkie” Bakker (bateria) –, reforçada pela adição do guitarrista Appie de Gelder. Mais que isso, o pioneiro do heavy metal holandês ainda registrou sua apresentação de 16 de junho (domingo) no Manifesto Bar, em São Paulo (SP), para futuro lançamento em DVD. Uma honra para o público brasileiro, que passou a curtir o grupo nos anos 1980 com o lançamento em vinil dos álbuns Diamond Dreamer (1982), Eternal Dark (1983) e Traitor (1984) – ao longo dos anos, houve vários lançamentos, e relançamentos, de suas obras em CD no mercado nacional por selos como Hellion Records e Classic Metal.

Ainda que tenha motivos de sobra para comemorar e executar os antigos clássicos nesta turnê, que passou ainda por Limeira (SP) e Londrina (PR), os veteranos já haviam anunciado um novo trabalho de inéditas. O sucessor do ao vivo Live – 40 Years Heavy Metal Ears – 1978-2018, que saiu no Brasil pela Classic Metal, leva o título de Wings e será lançado ainda este ano – no exterior, sairá pela Pure Steel Records. “Estamos seguindo os nossos corações, criando música e por isso não temos receio de lançar um novo álbum de inéditas. Quem gosta de Heavy Metal Ears e Diamond Dreamer vai adorar!”, disse o baterista Laurens “Bakkie” Bakker. “Será o bom e velho Picture, mesclando hard rock e heavy metal”, resumiu o guitarrista Jan Bechtum.

Com o Manifesto Bar recebendo um ótimo público, formado por fãs de diferentes gerações, os holandeses iniciaram o set com a rápida You’re All Alone, de Diamond Dreamer (1982). Ao final, Ronald van Prooijen disse que estavam contentes de estar no Brasil. “Nós amamos vocês!”, disse antes de Get Back or You Fall, do debut homônimo de 1980.

Mesmo com uma média de idade na casa dos 60 anos, os músicos não deixaram de agitar do início ao fim do show. “Nós adoramos São Paulo e o Brasil. Nossos fãs sempre nos receberam bem aqui e por isso escolhemos a cidade e o Manifesto Bar para gravar o show. Vocês são demais!”, comentou Bakker com empolgação sobre a escolha para a gravação do DVD. “Sabemos que os brasileiros nos acompanham há muito tempo e gostam de nossos quatro primeiros discos, lançados na década de 80”, acrescentou.

Com o público gritando o nome da banda vieram a acelerada Message From Hell e Night Hunter, ambas de Diamond Dreamer (1982). “Esta é uma música sobre uma garota loira que conhecemos há muito tempo. Ela fala de amor e sexo”, disse o vocalista Ronald van Prooijen antes de executar Little Annie, faixa que estará no novo álbum de estúdio. No No No, a primeira de Heavy Metal Ears (1981), veio na sequência. Antes, porém, Ronald van Prooijen falou do prazer em estar no palco. “Estamos aqui para celebrar o heavy metal ‘old school’. Viajamos 18 horas para estar aqui e adoramos isso.”

Nighttiger, outra de Heavy Metal Ears, precedeu a clássica Eternal Dark, que, como esperado, contou com grande participação dos fãs. De Old Dogs New Tricks, lançado há dez anos, veio Live By The Sword, seguida por Heavy Metal Ears e Diamond Dreamer. A agitação, que já era enorme, aumentou na pista do Manifesto Bar. Os fãs seguiram vibrando com a nova Line of Life e Unemployed, de Heavy Metal Ears.

Com o público nas mãos e esbanjando carisma, emendaram Bombers e Lady Lightning. Sem fraquejar em nenhum instante, os veteranos encerraram o energético set com The Hangman, de Diamond Dreamer, e You Can Go, do álbum de estreia. E, novamente, Rinus Vreugdenhil, 68 anos de idade, desceu do palco e tocou no meio do público. É, para o heavy metal idade é um mero detalhe. Sorte nossa, pois esta aula dos holandeses ficará registrada para a posteridade em DVD.

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar