fbpx
Live Evil

ROB ROCK & LEATHER LEONE

Rock Experience - Rio de Janeiro/RJ, 16 de setembro de 2016

Direto do túnel do tempo, os anos 80! Mas para mostrar nos anos 2000 toda a relevância de quem começou há pouco mais de três décadas e continua ensinando até hoje. Pena que a sala de aula não tenha contado com a quantidade de alunos que os professores mereciam – com capacidade para 200 pessoas, o Rock Experience não ficou nem metade cheio. Felizes foram os que compareceram para acompanhar a lição da noite, e quem não foi está reprovado no curso básico de Heavy Metal. Porque foi isso mesmo que Leather Leone e Rob Rock, cada um em seu próprio mundo, ministraram aos fãs presentes.


Acompanhada de uma banda 100% brasileira – Daemon Ross (guitarra), Thiago Velasquez (baixo) e Braulio Drumond (bateria) –, Leather Leone passou a limpo seu trabalho no Chastain em nada menos que dez das 12 músicas que apresentou. E começou arregaçando com “Ruler Of The Wasteland”! Bastaram apenas alguns minutos para atestar duas coisas: a vocalista tem uma presença de palco alucinante, e os músicos iriam mesmo matar a pau até o fim. A começar por Ross, afinal, você pensa que é mole incorporar David T. Chastain?

Músicas mais recentes se misturaram aos clássicos apenas para atestar a veracidade das palavras no início deste texto. “Paradise” e “Angel Of Mercy”, recebidas calorosamente pelos fãs, foram as irmãs mais velhas que mostraram a “We Bleed Metal” e “All Hail To The King” como se faz. Lesther, com a garganta absolutamente em dia, ainda resgatou duas canções de seu primeiro e único disco solo, a faixa-título “Shock Waves” e “All Your Neon”, e o sorriso no rosto surgiu de vez com a aprovação de quem estava na pista, principalmente a turma do gargarejo que tinha a saudável pinta de fã-clube. Sabia cada palavra das letras.

“For Those Who Dare” fechou a primeira parte deixando aquele gostinho de quero mais, saciado com um bis de tirar o fôlego – e por causa da estrutura da casa, com os músicos tendo de passa pelo meio do público para entrar no palco, consequentemente recebendo o carinho dos fãs ao sair dele, o ‘encore’ não teve nada de protocolar: “The Voice Of The Cult” e, para chorar, “The 7th Of Never”. Azar de quem perdeu, mesmo.

Com a mesma banda contando com a adição de mais um guitarrista, Vinnie Tex, Rob Rock subiu ao palco também para atestar duas coisas: que canta para cacete e para aumentar a vontade de vê-lo ao lado de Chris Impellitteri no Brasil. A diferença foi que o repertório teve muito mais amostras de seu trabalho solo. Atitude louvável, uma vez que a discografia própria permite isso. “First Winds Of The End Of Time” iniciou os trabalhos, mas as coisas começaram a esquentar de vez na trinca a seguir. Todas de seu trabalho com o Impellitteri, “The King Is Risen”, “Garden Of Eden” e “Judgment Day” fizeram os presentes se multiplicarem por mil em empolgação.

E não que a plateia estivesse à espera apenas de material gravado com o ‘guitar hero’ americano, porque “Forever” foi um dos melhores momentos da noite. Ok, vamos deixar claro: “Rage Of Creation” é um belo álbum, por isso “In The Night” foi acompanhou o relator. E não que apenas o primeiro disco do vocalista valha a pena, porque “Slayer Of Souls” e, principalmente, “I’m A Warrior” representaram “Holy Hell” muito bem – confira nos set lists abaixo a origem de cada música da noite.
“Alguns de vocês estão gritando M.A.R.S., então vamos de algo do primeiro disco que gravei”, disse Rob Rock. Claro, havia a expectativa por algo de “Project: Driver”, único álbum do projeto com Tony MacAlpine, Rudy Sarzo e Tommy Aldridge, e “Nation’s On Fire” só não matou a vontade porque foi pouco. Foi lindo, sem dúvida, mas serviu para nos deixar sonhando com “Stand Up And Fight”, “Fantasy”, “Slave To My Touch”… Bom, nunca imaginei que assistira ‘in loco’ à voz original em qualquer faixa desse clássico, então chega de mi mi mi.

“Wicked Maiden” e “Venom” – e “Garden Of Eden” antes – mostraram como os fãs estão antenados com os trabalhos mais recentes do Impellitteri, o que me fez lamentar o corte da ótima “We Own The Night” do set. Assim, “Rock The Earth” foi a deixa para o fim de dois tempos de aula que passaram voando, normal quando os professores são bons. Os fãs voltaram diplomados para casa, e sabe os brasileiros que auxiliaram os mestres?

Ross, Tex (pensa que é mole incorporar Chris Impellitteri?), Velasquez e Braulio Drumond (o cara não esqueceu nem o detalhe do prato de condução ao fim de “Venom”) foram tão bem que agora podem formar de verdade uma nova unidade. Que assim o façam. O Metal carioca agradece.

Set list Rob Rock
1. First Winds Of The End Of Time (Rob Rock – Holy Hell, 2005)
2. The King Is Risen (Impellitteri – Answer To The Master, 1994)
3. Garden Of Eden (Impellitteri – Wicked Maiden, 2009)
4. Judgment Day (Impellitteri – Pedal To The Metal, 2005)
5. Slayer Of Souls (Rob Rock – Holy Hell, 2005)
6. Savior’s Call (Rob Rock – Garden Of Chaos, 2007)
7. Forever (Rob Rock – Rage Of Creation, 2000)
8. Nation’s On Fire (M.A.R.S. – Project: Driver, 1986)
9. In The Night (Rob Rock – Rage Of Creation, 2000)
10. Wicked Maiden (Impellitteri – Wicked Maiden, 2009)
11. I’m A Warrior (Rob Rock – Holy Hell, 2005)
Bis
12. Venom (Impellitteri – Venom, 2015)
13. Rock The Earth (Rob Rock – Eyes Of Eternity, 2003)

Set list Leather Leone
1. Ruler Of The Wasteland (Chastain – Ruler Of The Wasteland, 1986)
2. Paradise (Chastain – The 7th Of Never, 1987)
3. We Bleed Metal (Chastain – We Bleed Metal, 2015)
4. Chains Of Love (Chastain – The Voice Of The Cult, 1988)
5. Black Night (Chastain – Mystery Of Illusion, 1985)
6. Angel Of Mercy (Chastain – Ruler Of The Wasteland, 1986)
7. Evil Awaits Us (Chastain – Surrender To No One, 2013)
8. I Am Sin (Chastain – Surrender To No One, 2013)
9. Shock Waves (Leather – Shock Waves, 1989)
10. All Hail The King (Chastain – We Bleed Metal, 2015)
11. All Your Neon (Leather – Shock Waves, 1989)
12. For Those Who Dare (Chastain – For Those Who Dare, 1990)
Bis
13. The Voice Of The Cult (Chastain – The Voice Of The Cult, 1988)
14. The 7th Of Never (Chastain – The 7th Of Never, 1987)

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar