fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

RUSH: Aos 67 anos, morre Neil Peart

Apenas hoje, 10 de janeiro, o mundo tomou conhecimento de que Neil Peart, o extraordinário baterista do Rush, faleceu na última terça-feira, 7 de janeiro, em Santa Monica, Califórnia, aos 67 anos de idade. A notícia foi revelada por um porta-voz da família Peart, Elliott Mintz.

Em nota oficial em sua página no Facebook, o Rush postou:

“É com nossos corações partidos e com a mais profunda tristeza que devemos compartilhar a terrível notícia de que, na terça-feira, nosso amigo, irmão de alma e companheiro de banda a mais de 45 anos, Neil, perdeu sua incrivelmente corajosa batalha de três anos e meio com câncer no cérebro (Glioblastoma). Pedimos que amigos, fãs e mídia respeitem compreensivelmente a necessidade de privacidade e paz da família neste momento extremamente doloroso e difícil. Aqueles que desejarem expressar suas condolências podem escolher um grupo de pesquisa de câncer ou de caridade de sua escolha e fazer uma doação em nome de Neil Peart.

Descanse em paz irmão.

Neil Peart, 12 de setembro de 1952 – 7 de janeiro de 2020”.

Considerado como um dos mais geniais e influentes bateristas do mundo, o músico canadense, nascido Cornelius Ellwood Peart, se destacava não apenas por sua meticulosa técnica e habilidade extravagante, mas também pelo brilhantismo como letrista da banda, inspirado em ficção científica e na escritora e filósofa russo-americana Ayn Rand. Neil Peart se juntou a Geddy Lee (vocal e baixo) e a Alex Lifeson (guitarra) no Rush em 1974, no lugar do baterista original, o também saudoso John Rutsey, que gravou apenas o homônimo primeiro álbum. A estreia de Peart se deu no aclamado sucessor Fly By Night, considerado até hoje um clássico do Rush e do rock progressivo.

O talento do autodidata Neil Peart transcendia a música, ele era também um respeitado escritor, autor de inúmeros livros. Sua influência nos tambores é referenciada por outros bateristas renomados, desde Dave Grohl (Nirvana/Foo Fighters), até Stewart Copeland (The Police): “Foi realmente a primeira vez que ouvi um baterista na linha de frente da banda”, recordou Grohl. “Neil dá poder à banda, que, por sinal, tem muita musicalidade, muitas ideias a cada oito compassos. Porém, ele mantém a pulsação, o que é importante. E ele pode fazer isso enquanto executa todas aquelas “merdas” legais”, comentou Copeland à Rolling Stone, em 2015.

A última turnê do Rush aconteceu em 2015. No dia 7 de dezembro do mesmo ano, Peart revelou à Drumhead Magazine, que era hora de pendurar as chuteiras e passar mais tempo ao lado de sua filha Olivia e de sua esposa, a fotógrafa Carrie Nuttall. Em contrapartida, em janeiro de 2018, Alex Lifeson confirmou que o Rush estava aposentado devido à problemas de saúde do amigo e companheiro Neil Peart.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #278
Janeiro/Fevereiro

SIGA-NOS

43,2k

57k

17,4k

1k

22,3k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes