fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Atriz e modelo Sheila Kennedy acusa AXL ROSE de agressão sexual cometida em 1989

Katarina Benzova, ex-fotógrafa do Guns N' Roses, também acusa Fernando Lebeis, empresário brasileiro da banda, de assédio

Veio a público nesta quarta-feira (22) uma acusação de agressão sexual que teria sido cometida por Axl Rose no ano de 1989. Segundo afirma o documento judicial divulgado pela AFP, uma mulher de nome Sheila Kennedy, suposta vítima do líder do Guns N’ Roses, teria sido obrigada a praticar sexo anal e que ele estaria sob efeito de drogas. O documento alega que Sheila “não consentiu e se sentiu dominada”.

Atriz e modelo, Sheila, que teria conhecido Axl em uma boate, foi agredida por ele em um quarto de hotel em Nova Iorque, conforme relata a acusação. Segundo os advogados de Sheila, ela “acreditava que Rose iria atacá-la fisicamente ou (fazer algo) pior, caso ela dissesse ‘não’ ou tentasse afastá-lo. (Assim sendo) Ela entendeu que a coisa mais segura a fazer era deitar na cama e esperar que Rose terminasse de agredi-la”.

Sheila pede indenização por danos e sequelas sofridas. Rose usou sua fama, status e poder como uma celebridade e artista na indústria musical para poder manipular, controlar e agredir violentamente Kennedy, constata o documento.

O processo está em andamento na Suprema Corte de Nova York e Axl deverá ser julgado. Até o momento, o frontman do Guns N’ Roses não se pronunciou sobre a acusação.

Foto: Carlos André

Além dessa acusação contra Axl, recentemente o empresário brasileiro do Guns N’ RosesFernando Lebeis, também foi acusado de assédio, pela ex-fotógrafa da banda, Katarina Benzova. Segundo o canal LoudwireBenzova, que trabalhou com o Guns N’ Roses entre os anos de 2010 a 2022, vinha sofrendo “investidas sexuais indesejáveis” de Lebeis desde 2016. Benzova diz ter rejeitado Fernando e por isso ele teria se tornado agressivo e hostil, passando a insultá-la com “xingamentos, zombaria, comentário humilhantes, humilhação, intimidação e mentiras”. Além da acusação feita contra Fernando, Katarina fez o mesmo contra a banda por violação de direitos autorais. Ela afirma que o Guns N’ Roses teria editado e alterado suas fotos para disfarçar infrações que se dão “através da reprodução, exibição pública, distribuição, criação de trabalhos derivados e retenção das fotografias para licenças e venda a publicações de terceiros”.

A fotografa Katarina Benzova, que trabalhou com o Guns N’ Roses, inclusive nas últimas turnês no Brasil, depois que Slash e Duff McKagan retornaram ao grupo

Na ocasião, o Guns N’ Roses respondeu as acusações de Benzova e afirmou que a processou primeiro por ela ter registrado fotos que, por contrato, são da banda. O grupo americano afirmou ainda que as alegações da profissional são falsas e que foram feitas após o processo.

Em nota enviada ao Loudwire, a banda disse: 

“Inicialmente, a  sra. Benzova foi contratada para fornecer serviços de fotografia de turnê para o Guns N’ Roses em 2010. Ela trabalhou com a banda por 12 anos e foi paga e tratada extraordinariamente bem. Foi somente depois que seus serviços foram interrompidos em 2022 que ela tentou reivindicar a propriedade das fotos cujo contrato afirma claramente que são de propriedade da banda. A banda leva esses tipos de reivindicações muito a sério, no entanto, todas as evidências estabelecem que essas acusações são categoricamente e inequivocamente falsas. Esta resposta dela vem depois que a banda iniciou um processo contra a Sra. Benzova por afirmar falsamente a propriedade das fotos da banda.”

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #278
Janeiro/Fevereiro

SIGA-NOS

43,2k

57k

17,4k

1k

22,3k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes