fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

BLUES PILLS retorna com nova faixa, “BIRTHDAY”; novo álbum é aguardado para agosto

POR ASSESSORIA 

Os roqueiros suecos BLUES PILLS retornam com o aguardado novo álbum BIRTHDAY, que será lançado em 2 de agosto de 2024 pela Throwdown Entertainment / BMG.

A faixa-título “BIRTHDAY” foi lançada como single em plataformas de streaming hoje, 8 de março. O single também será lançado como uma edição limitada em vinil de 12″ para o Record Store Day, em 20 de abril de 2024.

OUÇA AGORA

Às vezes Brody Dalle, outras vezes mais Janis Joplin, Elin Larsson oferece um carisma cru e sem esforço com vocais ricos e estelares em todo o novo álbum. Acompanhados por Zack Anderson na guitarra, André Kvarnström na bateria e Kristoffer Schander no baixo, oferecem ritmos envolventes que simplesmente não param. A banda deixou a melodia e os vocais de Elin brilharem, ao mesmo tempo em que incentivou os ganchos de tamanho gigantesco a percorrerem as onze faixas, produzidas principalmente por Freddy Alexander, indicado ao Grammy, criando um disco que define a carreira, cheio de beleza, fogo e ousadia.

Blues Pills: “Com esse álbum, nós realmente nos permitimos ser livres, deixando todos os limites e expectativas para trás para compor músicas que amamos. Queríamos capturar em um álbum a sensação crua e autêntica de quando tocamos ao vivo, mas nos esforçando para criar e escrever o melhor trabalho que já fizemos. Elin estava grávida durante as gravações, e o que é mais rock’n’roll do que isso? Criar vida humana e música.”

Majestosamente exibindo seu corpo gestante na frente e no centro da sessão de fotos para BIRTHDAY, Elin assumiu seu poder de forma natural e descarada. Botas até o joelho prontas pra chutar, posturas de poder aprimoradas, ela está pronta para fazer sucesso com sua voz incrível e sua banda Blues Pills, com o bebê em uma mão e o microfone na outra. Você não adora isso?

Os despretensiosos suecos podem parecer de fala mansa, descontraídos e até mesmo nerds em casa, fazendo a curadoria de sua coleção de vinis ou passeando pelas paisagens nevadas da Suécia rural com seus cachorros. Mas, no palco, a banda irrompe em um magma de rock moderno. Cada vez mais conhecido pela força de seu poderoso show ao vivo, o guitarrista Zack Anderson observa: “Houve uma progressão natural com o aumento do nível de nossa presença no palco, Elin está destemida agora, pulando, fazendo powerstances, fazendo crowdsurfing, cheia de fogo.”

A postura feminista da banda também foi uma progressão natural, com base na experiência vivida on-line e durante a turnê com uma vocalista.

Elin: “Durante muitos anos, eu fui criticada por ser uma mulher no rock n’ roll, mas Zack vê tudo isso em primeira mão e tem uma nova perspectiva. Para todos na banda, é um estímulo constante.”

Zack: “Nós nos apoiamos mutuamente. Sempre foi assim, desde o início, há 12 anos, com Zack e Elin. Já vimos de tudo. A banda e eu estamos felizes em apoiar Elin e nos chamarmos de feministas também, isso não parece controverso para nós. Não se trata de um pensamento radical ou de uma declaração importante. É apenas a coisa certa”.

Essa postura só foi reforçada pelo novo papel de Elin como mãe. Elin descobriu que estava grávida enquanto escrevia esse álbum e gravava as músicas, muitas vezes sentindo que o filho que crescia dentro dela lhe dava mais energia e um novo senso de liberdade, enquanto ela gravava as faixas vocais.

A faixa-título “BIRTHDAY” conta a história de um incidente que ocorreu durante uma turnê no México, no dia do aniversário de Elin. Ela convidou toda a banda e a equipe para comemorar e as coisas azedaram quando um garçom decidiu arruinar seu aniversário.

Elin: “Não sei o que diabos esse cara estava pensando ou fazendo, mas ele tomou liberdades e ultrapassou os limites pessoais, agindo de forma muito desrespeitosa.”

Quando a banda chegou em casa, escreveu o single “BIRTHDAY”“Ele tem um pouco de humor”, afirma Elin. “O primeiro verso da música foi escrito sob a perspectiva do agressor, mas essa não é uma música para se sentir vítima, é uma música que dá o que falar, com uma atitude f**k you, para se tornar selvagem.”

O Blues Pills sempre esteve à frente de tudo com sua atitude ousada. Desde antes do movimento #MeToo. Nos últimos 12 anos, a Blues Pills tem estado na vanguarda, lidando com a vida de uma banda de rock moderna com uma vocalista mulher.

Agora, o novo papel de Elin como mãe tornou ainda mais forte a convicção de continuar com a música e com o feminismo coletivo, baseado no respeito mútuo e na defesa de si mesmas e umas das outras.

Elin: “Preciso fazer isso por mim e por outras mães, para que elas não abandonem suas próprias paixões depois de se tornarem mães. Vai levar tempo para combinar os dois mundos que amo, mas só posso pensar que fará bem ao meu filho conhecer outras culturas, países e músicas. Eu realmente acho que é importante que eu possa fazer isso. Para capacitar outras mulheres e para conhecer esse novo estado com orgulho e prazer”.

Maternidade moderna e rock moderno. Oportuno e esplêndido.

 

BLUES PILLS é:

Elin Larsson – vocal

Zack Anderson – guitarra

André Kvarnström – baixo

Kristoffer Schander – bateria

 

Tracklist:

1. Birthday

2. Don’t You Love it

3. Bad Choices

4. Top Of The Sky

5. Like A Drug

6. Piggyback Ride

7. Holding Me Back

8. Somebody Better

9. Shadows

10. I Don’t Wanna Get Back On That Horse Again

11. What Has This Life Done To You

Marketing e Promoção no Brasil:

ForMusic – info@formusic.com.br

Siga o canal “Roadie Crew” no WhatsApp:

https://whatsapp.com/channel/0029VaDAMivHQbSBJR6hmy45

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #279
Março/Abril

SIGA-NOS

44,9k

57k

17,3k

99o

22,6k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes

plugins premium WordPress