fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

BLUES PILLS – São Paulo (SP)

Por Antonio Carlos Monteiro

Fotos: Roberto Sant’Anna

O que é preciso pra se fazer um show de rock? Muita pirotecnia, efeitos especiais, explosões? Tudo bem, isso faz parte. Afinal, quem vai num show do Kiss quer ver Gene cuspindo fogo e Paul voando por cima da galera; uma apresentação de Paul McCartney não é completa sem o fogo e as explosões em Live and Let Die. Mas há outras formas de se fazer um show bem-sucedido. Uma iluminação correta, um som adequado, uma banda afiada, um ótimo repertório e, principalmente, um(a) vocalista que saiba o que está fazendo. É nessa segunda alternativa que se encaixa o Blues Pills – e quem esteve no Carioca Club na noite 29 de outubro viu como isso pode funcionar à perfeição.

O lugar ostentava apenas cerca de metade de sua lotação, algo injusto para uma banda com três discos excelentes na bagagem e que faria sua primeira e única apresentação no Brasil. Porém, quem esteva lá sabia com quem estava lidando. A banda entrou com o pique lá em cima com Proud Woman, faixa de abertura de seu mais recente álbum, Holy Molly! (2020), e Elin Larsson (vocais), Zack Anderson (guitarra), Krisoffer Schander (baixo) e André Kvarnström (bateria) se mostraram sinceramente surpresos com a reação efusiva da plateia. O refrão foi cantado a plenos pulmões pela galera e qualquer comando de Elin era seguido pela plateia de imediato.

Numa das primeiras pausas entre as músicas, começou um grande alarido do público gritando o nome da banda, a ponto de Elin soltar um “oh, my god!” de espanto. A partir daí, foi jogo ganho. E muito merecidamente. Iluminação simples, mas eficiente, som que começou com a guitarra muito alta, cobrindo a vocalista, mas que logo foi consertado, e um repertório certeiro foram o segredo do sucesso. A cozinha do Blues Pills é eficientíssima (André consegue bangear enquanto toca) e Zack é um daqueles sujeitos que conhece todos os truques da guitarra dos anos 70, só que a atração da banda é mesmo Elin. Ela não se limita a ser bonita, sensual e simpática. Pra começar, sua performance em cena é incessante – no começo deu pra se perguntar até quando ela aguentaria cantar e se movimentar daquela forma no palco. Deve gastar um bom tempo na academia, pois foi até o final com o mesmo pique e sem perder o gás. Só que o principal mesmo está na sua voz. Ela não apela para agudos impossíveis, nem para vocais operísticos. Elin Larsson é uma cantora de rock que coloca sua voz exatamente assim, além de agregar boas doses de blues e soul em sua interpretação. Some-se a isso uma afinação absolutamente impecável e um poder de interpretação muito acima da média. Sim, estávamos diante de um dos grandes nomes da música durante aqueles noventa minutos; resta ver se o resto do mundo vai algum dia se dar conta disso.

O repertório do Blues Pills ganha muito peso ao vivo, o que faz com que o show tenha altas doses de energia. Algumas pílulas de blues (o que seria da vida sem um jogo de palavras, não é mesmo?) disseram presente durante a apresentação através de temas como Astralplaine, Wish I’d Known e Dust, provando que a banda (e em especial Elin) não colocou a palavra “blues” em seu nome por acaso.

Privilegiando o primeiro (Blues Pills, de 2014) e o último discos (apenas três faixas de Lady In Gold, de 2016, fizeram parte do setlist de dezoito músicas), a banda mostrou um show coeso, extremamente dinâmico (foram mínimas as pausas entre as músicas) e agradabilíssimo. A plateia deixou isso claro e Elin retribuiu pulando a divisória e entrando no meio da galera no final da apresentação. Uma paradinha mentirosa e os quatro voltam para mais duas músicas do primeiro disco, Little Sun e Devil Man, esta última com direito a um pequeno, mas arrebatador solo vocal de Elin Larsson. Nio final, ainda disse que ia atender os fãs que quisessem conhecer a banda. Pela quantidade de gente aglomerada no lugar indicado por ela no fim do show, deve ter amanhecido lá.

A ROADIE CREW agora tem um canal no Telegram!

Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do metal

https://t.me/roadiecrew

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #279
Março/Abril

SIGA-NOS

44,9k

57k

17,3k

99o

22,6k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes

plugins premium WordPress