fbpx
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Família do saudoso NICK MENZA emite nota de apoio a DAVID ELLEFSON

A família Menza gostaria de aproveitar o espaço para responder alguns comentários feitos via Instagram a respeito do próximo documentário de Nick Menza, This Was My Life: The Story of Nick Menza.

Donia, irmã de Nick Menza, recebendo em nome de seu irmão o prêmio “Hall of Heavy Metal History”, das mãos de David Ellefson

“Para sermos claros, certas ações de outras pessoas não ditam nossa tomada de decisão. Cada história tem sempre dois lados, não conhecemos os fatos, nem pretendemos saber a verdade. Embora os eventos mais recentes tenham sido infelizes para todos os envolvidos, não alterou nossa decisão de dar as boas vindas à David Ellefson para fazer patê deste projeto.

Nick e David permaneceram amigos próximos após o Megadeth e ele manteve contato com a irmã de Nick desde sua morte. Ellefson teve a gentileza de apresentar o prêmio Hall of Heavy Metal History concedido à Nick em 2018, então foi apropriado que ele narrasse o documentário.

Estamos ansiosos para que os fãs vejam a vida que Nick viveu antes, durante e depois do Megadeth, foi uma grande jornada.

Fique ligado para um documentário épico, como Nick diria, “vai ser radical!”.

Obrigado pelo apoio contínuo em manter vivo o legado de Nick”.

Ellefson assinou contrato como co-produtor do filme e também fornecerá a narração para guiar o espectador no mergulho sobre a vida do falecido baterista do Megadeth. O músico afirmou em um vídeo promocional de 40 segundos (que pode ser visto abaixo): “Tenho o orgulho de anunciar que narrarei/coproduzirei o esperado documentário This Was My Life: The Story of Nick Menza e estou ansioso para compartilhar com você a história de vida de um dos bateristas rock star mais celebrados de todos os tempos: Nick Menza”.

Robert Bolger, manager de longa data de Menza, disse: “Estou muito feliz em conectar David Ellefson com a Screaming Butterfly Entertainment para narrar /coproduzir o projeto. O envolvimento e o conhecimento de Ellefson garantirão a autenticidade do filme. Ambos passaram muito tempo juntos em turnê pelo mundo, e se alguém conhecia Nick como ninguém, esse alguém é David Ellefson. Nick amava seus fãs e sempre disse que sem eles nada seria possível. Eu realmente acho que os fãs de Nick irão aproveitar essa jornada por sua vida”.

A produtora/diretora executiva Holly Mollohan, da Screaming Butterfly Entertainment, acrescentou: “Estou muito feliz em dar as boas-vindas a David Ellefson na equipe de This Was My Life. Ele traz consigo uma riqueza de conhecimento profundo e experiência pessoal que serão tão valiosos para tornar este filme algo muito especial para os fãs e a família de Nick. Acredito que seu envolvimento será uma adição extremamente positiva ao projeto e estou animado para colaborar com ele no filme”.

Junto com o anúncio da conexão de Ellefson com o filme, uma campanha do Indiegogo foi lançada para arrecadar fundos para a conclusão do filme. Os fãs têm a oportunidade de apoiar a produção do filme diretamente, bem como obter algumas raras lembranças oficiais de Nick Menza.

Isso inclui vários itens de propriedade pessoal de Nick Menza – alguns com assinaturas autênticas do próprio Nick. Além de memorabilia, os fãs podem comprar novos produtos de Nick Menza, incluindo bonés, pôsteres e até decks de skate do baterista. Os fãs podem até ter seus nomes e uma mensagem adicionados nos créditos finais do filme.

A campanha pode ser encontrada aqui e agora está disponível agora.

David Ellefson também assina alguns itens de Nick Menza. Confira o vídeo:

This Was My Life será o primeiro filme a homenagear o legado de Menza e a celebrar sua vida exatamente como ela era, descrita em um comunicado à imprensa como “uma exploração inflexível da vida de um dos bateristas de thrash metal mais bem sucedidos de todos os tempos, desde sua infância até o fim de sua vida, incluindo um verdadeiro relato passo a passo das repetidas tentativas fracassadas de se reunir a formação do clássico álbum Rust in Peace (do Megadeth)”.

O filme apresentará fotos raras e nunca antes vistas, e vídeos da coleção de fitas VHS de Nick, filmadas por ele mesmo entre 1988 a 1991. Conteúdo exclusivo estará incluído, mostrando Nick trabalhando em estúdio, filmagens caseiras de cunho pessoal, tempo livre e festas com Dave MustaineDavid Ellefson Marty Friedman, bem como com outros músicos conhecidos da época, com os quais Nick e o Megadeth saíram em turnê. Um teaser do filme foi divulgado recentemente, apresentando uma entrevista com o ex-baterista do Lamb Of God e também do Megadeth, Chris Adler.

“Eu sempre tocarei bateria e música é minha vida, eu amo isso!” – Nick Menza.

Assista o vídeo promocional de Nick Menza – This Was My Life:

Em dezembro de 2018, foi lançada pela Post Hill Press a autobiografia oficial Megalife: The Autobiography of Nick Menza, escrita por J. Marshall Craig.

No final da noite de 21 de maio de 2016, Nick Menza desmaiou no palco do The Baked Potato em Studio City, Califórnia, após sofrer um ataque cardíaco enquanto tocava com o OHM, banda de jazz fusion que tem na guitarra o também ex-Megadeth Chris Poland e o baixista Robertino “Pag” PagliariMenza foi declarado morto ao chegar no hospital. O Departamento Médico Legista do Condado de Los Angeles disse que Nick Menza morreu de doença cardiovascular hipertensiva e aterosclerótica.

Nascido Nicholas Menza, em Munique, Alemanha, no dia 23 de julho de 1964, o baterista e multi-instrumentista ganhou fama como um dos bateristas mais ferozes do heavy metal durante os 10 anos em que esteve no topo em seu período no Megadeth.

O ponto alto de sua carreira foi tocar na segunda edição do “Rock In Rio”, no Brasil, no dia 23 de janeiro de 1991, diante de mais 100.000 pessoas no estádio Maracanã, conforme contou à este mesmo repórter na edição #183 da ROADIE CREW: “O “Rock in Rio” foi incrível, uma tremenda diversão. Foi a maior multidão para qual eu já toquei. Nós só tivemos 65 minutos para tocar, por isso aceleramos o ritmo de todas as nossas músicas para não cortarmos nenhuma do set. Foi realmente um bombardeio de nossa parte. Amei demais. Quando vejo o show no YouTube, dou risada de quão rápido estávamos tocando. Foi um cast tão grande e ao mesmo tempo apertado”. Naquele dia o Megadeth dividiu palco com LobãoSepulturaQueensrÿcheJudas Priest e Guns N’ Roses.

Edições avulsas, assinatura física e digital.

Conheça a nossa Roadie Crew Shop – acesse www.roadiecrew.com/roadie-shop

Apoie nosso jornalismo com uma contribuição de qualquer tamanho.
Seu apoio ajuda a continuarmos melhorando o conteúdo do site com entrevistas exclusivas, resenhas de shows, notícias e artigos. Toda contribuição, por maior ou menor que seja, é muito valiosa para nós. Clique em Doações

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
Youtube
Youtube
Instagram
Whatsapp
LinkedIn
Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS

EXCLUSIVAS

ROADIE CREW #279
Março/Abril

SIGA-NOS

44,2k

57k

17,3k

1k

22,5k

Escute todos os PodCats no

PODCAST

ROADIE SHOP

SIGA-NOS

Cadastre-se em nossa NewsLetter

Receba nossas novidades e promoções no seu e-mail

Copyright 2024 © All rights Reserved. Design by Diego Lopes