fbpx
Roadie News
Tendência

TAYLOR HAWKINS: corpo do ex-FOO FIGHTERS foi transferido para os Estados Unidos

Encontrado morto no quarto do hotel Four Seasons Casa Medina, na Colômbia, na última sexta-feira (25), Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, teve o seu corpo levado de volta para os Estados Unidos nesta terça-feira passada (29), de acordo com o Daily Mail. O veículo, inclusive, publicou imagens do caixão sendo carregado em um avião fretado no Aeroporto Internacional El Dorado, em Bogotá. A banda estava em turnê pela América do Sul e iria tocar no Festival “Estéreo Picnic” no dia em que Hawkins morreu.

Segundo a publicação, o manager do Foo Fighters, Gus Brandt, teria permanecido na Colômbia, ao contrário dos músicos da banda, que retornaram aos Estados Unidos no dia seguinte à morte de seu baterista. No mesmo dia em que o corpo de Hawkins retornou ao país de origem do músico, o Foo Fighters publicou o seguinte comunicado:

“É com grande tristeza que o Foo Fighters confirma o cancelamento de todas as próximas datas da turnê, devido a impressionante perda de nosso irmão Taylor Hawkins. Lamentamos e compartilhamos a decepção por não nos vermos como planejado. Em vez disso, vamos aproveitar esse tempo para lamentar, curar, aproximar nossos entes queridos e apreciar todas as músicas e memórias que fizemos juntos.

Com amor, Foo Fighters”.

No último domingo (27), o Foo Fighters iria tocar em São Paulo, pelo festival “Lollapalooza”. Indicado a três prêmios, o grupo estava programado para se apresentar também no Grammy Awards, em Las Vegas, no domingo, 3 de abril.

Além de baterista, Taylor Hawkins tinha seu momento de vocalista nos shows do Foo Fighters | Foto: Scott Dudelson

Uma nota divulgada pela Secretaria da Saúde de Bogotá afirma que foi feita uma chamada de emergência relatando que Hawkins estava sentindo dores no peito. Profissionais de saúde realizaram uma reanimação cardiopulmonar, porém não obtiveram sucesso no procedimento. O músico foi declarado morto no local. Um relatório “reservado” preliminar da polícia colombiana declara que não havia sinais de violência, mas sim drogas no quarto de Hawkins. No dia seguinte, um exame toxicológico feito pela Fiscalía General de la Nación confirmou a presença de pelo menos dez substâncias no sangue de Taylor Hawkins, incluindo THC (principal componente da planta da maconha), benzodiazepínicos, opioide e antidepressivos tricíclicos. A revista colombiana Semana informou no domingo (27) que o coração de Hawkins estava pesando 600 gramas (o dobro do normal) e que o órgão entrou em colapso após o músico ter feito uso de heroína e também dos mencionados antidepressivos e benzodiazepina.

Após excursionar com a cantora Alanis Morissette, Taylor Hawkins se tornou mundialmente conhecido ao entrar para o Foo Fighters, em 1997. Como membro do grupo, em 2021 Hawkins foi aceito no Rock and Roll Hall of Fame. Seus últimos trabalhos de estúdio com a banda foram o álbum de covers do Bee Gees, Medicine at Midnight, e o filme de terror do Foo Fighters, “Studio 666”. Em 2019, Hawkins se lançou em carreira solo e, sob a alcunha de Taylor Hawkins & The Coattail Riders, soltou o álbum Get the Money.

Nascido em Fort Worth, no Texas, Oliver Taylor Hawkins havia completado 50 anos no dia 17 de fevereiro. Ele deixa a esposa e ilustradora Alison Hawkins e os filhos Oliver, Annabelle e Everleigh.

Confira abaixo, vídeo do último show da vida de Taylor Hawkins, realizado no Chile, no dia 18 de março.

A ROADIE CREW agora tem um canal no Telegram!

Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do metal

https://t.me/roadiecrew

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar