fbpx
Roadie News
Tendência

Morre PETE FRANKLIN, vocalista e guitarrista do CHARIOT, cultuada banda da N.W.O.B.H.M.

Mais um luto no heavy metal. Morreu Pete Franklin, vocalista e guitarrista do Chariot, um dos grupos expoentes da aclamada e influente New Wave of British Heavy Metal. A notícia foi constatada neste domingo (03), após o baterista da banda, Jeff Braithwaite, postar uma foto de Franklin no Facebook. A causa da morte ainda não foi revelada.

Com o Chariot, grupo londrino formado em 1980, Pete gravou dois álbuns bastante cultuados, The Warrior, de 1984, e Burning Ambition, de 1986 – ambos lançados no Brasil pela Woodstock Discos, de Walcir Chalas. Ainda no ano de 1986, o Chariot gravou um vídeo ao vivo no lendário Marquee Club, que foi lançado em VHS sob o título Sweating Blood. Aquele foi um grande ano para o grupo, que ainda tocou no famoso festival holandês “Dynamo Open Air”, onde, entre outras bandas, dividiu palco com seus compatriotas do Satan, Angel Witch e Onslaught.

“Nosso empresário, Mike Shannon, nos colocou no projeto do “Dynamo Festival” na Holanda, em 1986. Foi um grande dia. Viajamos em nossa van e estávamos na balsa bebendo com Battlezone (banda do vocalista original do Iron Maiden, Paul Di’Anno) e Angel Witch”, contou Pete em entrevista concedida em 2019 para Gary Alikivi. “No palco fizemos um set de uma hora e fomos bem. Durante uma música, coloquei minha guitarra no palco para fazer a multidão cantar junto, porém eu estava tão bêbado, que não conseguia lembrar onde a coloquei, até que o roadie apontou para ela (risos)”.

Em 1987, o Chariot tocou no “Reading Festival”, e seu show foi gravado pela BBC. O grupo também fez turnês pela Inglaterra ao lado de nomes como Venom, Manowar e Exodus, e excursionou pela Europa com a banda francesa Vulcain. Naquela altura, tudo ia bem para o Chariot, que tinha como coempresário o mesmo cara que havia descoberto o Genesis, Jonathan King, no entanto, a frustração por não ter conseguido assinar contrato com a Atlantic Records, somada ao desejo do baixista fundador John Smith de constituir família, desmotivou o grupo, que em 1989 resolveu anunciar o fim de suas atividades.

Anos mais tarde, Pete Franklin ressurgiu na cena metálica, agora com o Deeds, banda empresariada por Steve Harris, baixista e líder do Iron Maiden. Com a nova banda, Pete gravou três álbuns: Danger of Infection (1997), Real World (1999) e Blown (2002). Esse último álbum do Deeds, aliás, foi o primeiro da carreira de um jovem guitarrista de 22 anos. Era Richie Faulkner, que há dez anos integra o icônico Judas Priest, e que na última semana passou por uma bem sucedida cirurgia para tratar de graves problemas cardíacos (leia mais).

Pulando para 2003, Pete Franklin, Smith, Braithwaite e Paul Lane (guitarra) decidiram reativar o Chariot. Desde então, a banda lançou mais quatro álbuns, Behind the Wire (2006), In the Blood (2012) – que foi gravado no Barnyard Studios, de propriedade de Steve Harris -, Demons & Angels (2014) e The New Horizon Dawns (2018).

Pete Franklin e seus companheiros de Chariot

Edições avulsas, assinatura física e digital.

Conheça a nossa Roadie Crew Shop – acesse www.roadiecrew.com/roadie-shop

Apoie nosso jornalismo com uma contribuição de qualquer tamanho.
Seu apoio ajuda a continuarmos melhorando o conteúdo do site com entrevistas exclusivas, resenhas de shows, notícias e artigos. Toda contribuição, por maior ou menor que seja, é muito valiosa para nós. Clique em Doações

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar