fbpx
Roadie News

RICHIE FAULKNER sobre a produção de ‘Firepower’: “Poderia ter dado horrivelmente errado”

O guitarrista RICHIE FAULKNER, do JUDAS PRIEST concedeu recentemente entrevista para o Lords of Metal, e abordou alguns aspectos do novo trabalho da banda, Firepower, que tem lançamento marcado para 9 de março via Epic Records.

Ao ser perguntado sobre o processo de produção, assinado por Tom “Colonel” Allom e Andy Sneap, Faulkner respondeu:

“Estávamos chutando nomes de produtores no início do processo, e essa era uma das coisas que queríamos fazer de forma diferente em relação ao “Redeemer of Souls“. Uma das coisas que podíamos refinar era a produção, e quando estávamos falando sobre produtores, surgiram nomes diferentes, como Tom Allom, que já havia trabalhado com a banda em alguns álbuns clássicos, e Andy Sneap, sendo um produtor de metal mais moderno do qual realmente gostamos do som. Quando estávamos discutindo esses dois nomes, alguém mencionou a ideia de combinar forças e permitir que ambos fizessem o trabalho de produção. Foi como se acendesse uma lâmpada, pois isso nunca foi feito antes pelo Priest, mas acabou por funcionar bem. Poderia ter ficado horrivelmente errado, com egos conflitantes e coisas assim, mas foi um casamento perfeito de um produtor clássico e um produtor mais moderno. Eles foram realmente fundamentais para obter o som e a energia corretos para ‘Firepower‘, e eu acho que eles fizeram um trabalho fantástico.”

TOM “COLONEL” ALLOM já trabalhou com o JUDAS PRIEST em diversas oportunidades, incluindo os álbuns clássicos British Steel (1980), Screeming for Vengeance (1982) e Defenders of the Faith (1984), além dos dois primeiros e clássicos discos do BLACK SABBATH e On Through the Night, debut do DEF LEPPARD, de 1980.

ANDY SNEAP ­– que vai participar da turnê de Firepower como guitarrista, no lugar de GLENN TIPTON – surgiu para o mundo do heavy metal na década de 80, como guitarrista da banda britânica SABBAT, e começou a chamar atenção como produtor na segunda metade da década de 90, quando começou a trabalhar com EXODUS, MACHINE HEAD, NAPALM DEATH, OBITUARY e mais uma lista que vai se tornando infinita com o passar dos anos.

RICHIE FAULKNER entrou no JUDAS PRIEST em 2011, para substituir o guitarrista original K. K. DOWNING. Seu primeiro álbum com o Priest foi Redeemer of Souls (2014), que atingiu o topo das paradas nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, República Tcheca e Finlândia.

Recomendamos Para Você

Fechar
Fechar